jusbrasil.com.br
13 de Maio de 2021

O ano inicia com Reajustes de Aluguéis Residenciais e Comerciais em Alta.

Com alta no IGP-M, que reajusta a maior parte dos aluguéis, negociar é necessário!

Lucas Daniel Medeiros Cezar, Advogado
há 4 meses

Os contratos de locações em andamento, que fazem aniversário em janeiro com pagamento previsto para fevereiro e reajuste pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) medido pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), poderão ter seu valores atualizados em 23,14%.

Esse índice está presente em grande parte dos contratos residenciais e comerciais e é através dele, que são reajustados o aluguel de imóveis a cada 12 meses.

Considerando a expressiva alta do IGP-M FGV e atual situação que vivemos, negociar é NECESSÁRIO!

Como especialista, afirmo que as negociações estão acontecendo e grande parte delas sem a necessidade de quebra contratual. Naturalmente este reajuste, neste período de iminente crise econômica e sanitária, não é o mais bem visto ou aceitável.

E neste ponto que é imprescindível o pedido de negociação, que deverá ocorrer entre proprietários de imóveis e inquilinos e até mesmo com as imobiliárias intermediadoras de grande parte das locações urbanas. Isto que dizer que, muitos proprietários/imobiliárias estão sendo flexíveis com atual momento em que o país atravessa.

Deve-se analisar caso a caso, a regra é a negociação para se possam manter ativos os contratos de locação e evitar maiores prejuízos, seja para o proprietário que perderá um locatário e neste caso, corre o risco de ficar ficar com o imóvel vazio, tendo que pagar IPTU e condomínio todo mês e ou ser obrigado a locar por um preço mais barato em comparação com outros momentos, seja para o locatário, que deverá se dispor com uma mudança ter custos extras para um novo local com preço mais acessível.

Fonte:

  1. Site G1.Globo Jornal Nacional - Imposto que reajusta contratos de aluguel fecha 2020 acima dos 20% e assusta inquilinos. Disponível em https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2021/01/04/imposto-que-reajusta-contratos-de-aluguel-fecha-2020-acima-dos-20percenteassusta-inquilinos.ghtml. Acesso em: 04 jan. 2021.
  2. Site Secovi-SP -Em janeiro, contrato de aluguel poderá ser reajustado em 23,14%. Disponível em http://secovi.com.br/noticias/em-janeiro-contrato-de-aluguel-podera-ser-reajustado-em-23-14/151304. Acesso em: 04 jan. 2021.
  3. Foto: Carmela Franco.


0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)